IMG_7111-2

Nº19 – MEDCAP (Medical Civilian Assistance Program)

Medicina Dentária e Cirurgia Oral como um Programa Médico de Assistência Civil

Free Download: Revista Warrior(s) nº19 – MEDCAP

Na revista que lhe apresentamos este Mês falamos de um assunto menos comum, abordamos o conceito MEDCAP – Medical Civilian Assistance Program, ou em Português, Programa Médico de Assistência Civil em zonas de conflito. Poderá perceber como uma Organização Não Governamental (ONG) sem fins lucrativos contribuí para o esforço de guerra contra o daesh, ajudando civis e militares na zona de Mossul, no Iraque.

Snipers do pelotão reconhecimento usam uma moto 4 (ATV - All Terrain Vehicle) para se deslocarem

Nº18 – Julho de 2017

Silenciadores e como irão mudar o panorama tático atual

Free Download: Revista Warrior(s) – nº18 – Silenciadores Tatica moderna 

Desde 2013 que não havíamos escrito mais nada sobre silenciadores, no entanto dado o panorama Nacional das Forças Armadas Portuguesas e vendo a evolução e investimentos que foram feitos neste sentido, e ainda para mais quando se prevê a aquisição de uma nova espingarda de assalto para o Exército Português, pareceu-nos coerente na edição nº18 da nossa revista, voltar a falar nesta peça de equipamento tão importante para os militares da era atual.

IMG_8090-4

Nº17 – Maio de 2017

Centro de Tropas de Operações Especiais do Exército Português

Free Download: Revista Warrior(s) – nº17 – Operações Especiais RT17 

ou Ler em Aplicação PUBhtml5

No artigo que lhe apresentamos na 17ª edição da nossa revista poderá saber como foi a participação da Força de Operações Especiais no Exercicio Real Thaw 17, assim como ficar a par de alguns dos novos equipamentos que o CTOE tem à sua disposição.

Em véspera de partida para missão integrada nas Assurance Measures da NATO deixamos aqui o desejo da melhor sorte aos militares de Operações Especiais do Exército Português.

 

Comandos - Commando Assault Vehicle - CAV

Nº16 – Dezembro de 2016

Comandos – Aprontamento para a missão na República Centro Africana

Free Download: revista-warriors-no16-comandos-rca-finalstory

Os Comandos Portugueses irão participar na operação MINUSCA. Operação esta que as Nações Unidas mantêm na Republica Centro Africana (RCA) desde 2014 (resolução 2149 de 10 de Abril do mesmo ano). A nossa revista teve a oportunidade de seguir alguns dos Exercícios do aprontamento e, entre estes, conversamos um pouco com o Comandante da 1FND/ MINUSCA, Major de Infantaria “Cmd” Musa Paulino, que teve a amabilidade de nos responder a algumas perguntas. No artigo que lhe apresentamos poderá ler toda a entrevista, assim como ver várias fotografias de alguns dos exercícios do aprontamento do Regimento de Comandos para esta missão.

IMG_4902-3

Nº15 – Agosto de 2016

Exercício Swordfish 16

Free Download: Revista Warrior(s) – nº15 – SwordFish 16

No artigo que lhe apresentamos poderá acompanhar algumas das operações que se desenrolaram ao longo de todo o exercício. Os exercícios da série Swordfish (SF) são executados bianualmente e visam treinar as capacidades Navais e Anfíbias da Marinha Portuguesa. O SF16 realizou-se no passado Mês de Junho, nas áreas de exercícios da Costa Ocidental Portuguesa, e este ano teve como objectivo principal preparar a esquadra para dar resposta em cenários de crise (CRISIS RESPONSE OPERATIONS).

Participaram no exercício 15 navios:  1 navio Francês, 3 Espanhóis e 11 Portugueses. Os Fuzileiros Portugueses e a Infantaria de Marinha Espanhola constituíram a componente anfíbia da frota. Estiveram também integradas no SF16 aeronaves da Força Aérea Portuguesa, nomeadamente os P3-C ORION e F-16 AM. Num total contabilizaram-se cerca de 1600 militares envolvidos.

IMG_1770-3

Nº14 – Maio de 2016

A Reestruturação do Corpo de Fuzileiros

Revista Warrior(s) – nº14 – Reestruturação do Corpo de Fuzileiros

O artigo escrito que apresentamos nesta edição da nossa revista é da inteira autoria do Exmo. Sr. Contra-Almirante Luís Carlos de Sousa Pereira, Comandante do Corpo de Fuzileiros, e foi apresentado na webpage oficial da Marinha Portuguesa. Decidimos compartilha-lo com os nossos leitores pois entendemos que é uma mudança que merece a atenção de todos os Portugueses. A complementar este artigo juntamos algumas fotos do nosso arquivo editorial.

IMG_1357-8

Nº13 – Abril de 2016

Heckler & Koch G28 DMR

Revista Warrior(s) – nº13 – G28

Tivemos a oportunidade de em 2015 estar na apresentação, em Portugal, de uma interessante arma da reconhecida marca Heckler & Koch, a G28. Esta foi apresentada no campo de tiro de Alcochete, pois encontra-se ao serviço do NOTP – Núcleo de Operações Táticas de Projeção (EX-UPF) da Força Aérea Portuguesa, e estiveram também presentes elementos de diversas outras unidades militares (Paraquedistas, CTOE, Comandos, Fuzileiros) assim como de forças de segurança Portuguesas (GNR, PSP, Polícia Marítima, Serviços Prisionais).

Após a recente notícia, que o Exército dos Estados Unidos da América escolheu a Heckler em Kock G28 (numa versão melhorada, conhecida até ao momento, nos EUA, como a G28E1) para a sua nova arma Compact Semi-Automatic Sniper System (CSASS), decidimos dedicar a edição nº13 da nossa revista a esta arma. Partilhamos assim com os nossos leitores a nossa visão do que é a G28 Designated Marksman Rifle.

DSC_0402-2

Nº12 – Fevereiro de 2016

SAER – Operações Especiais da Polícia Brasileira

Revista Warrior(s) – nº12 – SAER

Na 12ª edição da nossa revista atravessamos o Atlântico até uma das cidades mais perigosas de todo o Mundo. Os nossos leitores vão ficar a conhecer o SAER, o Serviço Aéreo da Polícia Civil do Rio de Janeiro.  Vão poder descobrir mais sobre a difícil missão que esta unidade executa sobre os céus da “cidade maravilhosa”. Abordamos também o equipamento, assim como os meios aéreos que esta unidade tão peculiar possuí ao seu dispor.

IMG_9252-4

Nº11 – Outubro de 2015

HK 416A5 em Portugal

Revista Warrior(s) – nº11 – HK 416

Na 11ª edição da nossa revista os nossos leitores vão conhecer as HK416A5 que estão ao serviço em Portugal. Esta é uma das melhores espingardas de assalto actuais e daí a sua escolha por muitas Forças de Operações Especiais da NATO (NATO SOF – Special Operations Forces). Em Portugal, a HK416 é usada pelo Centro de Tropas de Operações Especiais (CTOE) e pelo Grupo de Ações Táticas (GAT) da Policia Marítima.  Vai poder conhecer mais sobre as características desta espingarda de assalto e os acessórios a que os Operacionais Portugueses destas unidades dão primazia.